GPS Agrícola: Conheça as 4 vantagens que ele pode trazer

Global Positioning System, Sistema de Posicionamento Global ou simplesmente GPS. Certamente você já ouviu falar sobre esse sistema, afinal ele se faz presente no nosso cotidiano, seja no carro, seja nos aplicativos de celular. Mas, nos últimos anos, o GPS Agrícola, vem adquirindo popularidade também em áreas rurais.

GPS Agrícola

Quando utilizado na fazenda, o GPS Agrícola, aliado à agricultura de precisão, proporciona a aplicação de técnicas cada vez mais eficazes e específicas capazes de permitir o máximo controle das atividades adotadas no campo.

Neste post explicaremos mais sobre essa importante ferramenta utilizada no ambiente agrícola, assim como as vantagens que estimulam produtores a adotarem essa ferramenta. Confira!

 

GPS agrícola: O que está por trás das imagens de satélite?

O GPS é caracterizado como uma rede de satélites que compõem o sistema de posicionamento global, permitindo que saibamos onde estamos no globo terrestre com bastante precisão. Essa tecnologia foi desenvolvida pelos Estados Unidos, ainda nos anos 1970, para uso militar.

Basicamente, o GPS fornece ao aparelho receptor em solo (nosso celular/tablet ou um dispositivo conectado, como GPS automotivo), sua posição geográfica e a hora certa na região. A qualidade dessa informação independe das condições climáticas, podendo ocorrer a qualquer hora e em qualquer lugar do planeta.

Para determinar com precisão a posição do objeto, o receptor (presente neste objeto) usa dados de no mínimo três satélites, como visto na imagem abaixo. O dispositivo então calcula quanto tempo o sinal de cada satélite levou para chegar ao solo, determinando onde está esse objeto com uma margem de erro de apenas 20 metros. A esse método costuma-se dar o nome de triangulação.

GPS Agrícola

O sinal do GPS é fornecido gratuitamente, bastando apenas que o receptor em terra seja compatível. Inicialmente, seu uso não depende da internet ou de uma rede de telefonia celular, embora o sistema A-GPS (GPS assistido) faça uso de antenas da rede móvel para melhorar a precisão, essencialmente em centros urbanos.

Já no ambiente agrícola, o GPS vem trazendo benefícios bastante significativos. Quando aplicado em associação com outras tecnologias no meio rural, o GPS agrícola propicia a utilização de técnicas de agricultura de precisão, permitindo que o gestor rural obtenha dados relativos à: 

  • Qualidade da irrigação; 
  • Análise das propriedades físicas do solo; 
  • Necessidade de aplicação de defensivos e localização de insumos;
  • Planejamento de plantio;
  • Melhor direcionamento do trator/maquinário, reduzindo custos com combustível entre muitas outras informações.

Com base em todas essas informações, o produtor terá muitos benefícios ao adotar ferramentas que fazem uso do GPS agrícola, como discutiremos a seguir.

 

Principais benefícios do uso do GPS agrícola

 Em 2050, a população mundial será de 9,7 bilhões de pessoas, por isso a agricultura tem um papel ainda mais significativo para o futuro. Cabe aos produtores de alimentos ponderar ações para elevar a produtividade de suas lavouras e alimentar toda a população mundial, sempre de forma sustentável e inteligente. Para isso, o uso de ferramentas tecnológicas vem adquirindo uma importância bastante grande.

Dentre todas as tecnologias, o GPS, quando utilizado no campo, vem sendo considerado uma das principais ferramentas, pois auxilia o produtor a conseguir bons resultados de produtividade agrícola.

Assim, por aumentar a produtividade, essa ferramenta permite que o produtor consiga aumentar sua competitividade no mercado, já que o monitoramento agrícola (realizado por meio do GPS) possibilita ao produtor utilizar informações detalhadas capazes de auxiliar esse produtor na tomada de decisões mais assertivas sobre o sistema de produção.

Confira a seguir 4 benefícios que podem ser alcançados através da utilização do GPS agrícola:

1. Permite rastrear todas as etapas da produção

Como já citado neste conteúdo, a função básica do GPS é mostrar a localização de uma pessoa ou equipamento em qualquer lugar no mundo. Com isso, funcionários e máquinas agrícolas são continuamente “vigiados” durante toda a produção.

Por meio do GPS agrícola há a possibilidade de rastrear todos os veículos, máquinas e equipamentos. Com isso, roubos ou furtos serão bem menos frequentes no negócio, principalmente por permitir a procura de uma máquina furtada em qualquer localização.

Os dados gerados pelo GPS auxiliam também na criação de arquivos de performance e KPIs (Key Perfomance Indicators) que podem ser utilizados para a formulação ou adequação dos planos de ação visando o aumento da eficiência.

 

2. Permite a elaboração de mapas detalhados de uma área

Na atualidade, o benefício mais recorrente do uso do GPS agrícola é a capacidade de, junto a softwares específicos, permitir a elaboração de mapas detalhados da lavoura. Essa atividade ocorre com base em amostras do solo georreferenciadas e demais informações relevantes, como, por exemplo, os locais que já registraram ocorrência de pragas ou que sofreram erosão.

Com o mapa confeccionado, há a possibilidade que os pulverizadores apliquem diferentes insumos com maior exatidão. Com isso é possível utilizar a tecnologia certa para evitar desperdícios, reduzindo despesas.

Já os dados de rendimento gerados e monitorados a partir de um GPS instalado em uma colheitadeira, por exemplo, permitem também que o produtor consiga melhorar o planejamento e preparação de áreas específicas da propriedade antes que a colheita subsequente se inicie.

Já para as culturas perenes, como é o caso da cultura do café, da uva e da laranja, os mapas detalhados também contribuem na identificação das áreas que carecem de cuidados mais imediatos.

 

3. Auxilia em todos os manejos da atividade agrícola

Todos produtores rurais entendem que o momento mais importante da atividade agrícola, e também o mais desafiador, são os manejos, tendo no processo de adubação um dos mais importantes. Dessa forma, qualquer falha ou erro, por menor que seja, pode comprometer a gestão de custos de toda a safra.

Mas, com o auxílio do GPS agrícola, todas as etapas da produção podem ser melhor gerenciadas, pois essa ferramenta permite o uso de técnicas de agricultura de precisão para a obtenção de informações relativas à irrigação, às características do solo e à necessidade de aplicação de pesticidas e fertilizantes. 

A tecnologia de agricultura de precisão distribui os insumos de forma adequada e sempre na dose certa, evitando desperdícios. Essa é uma forma de controlar todas as etapas, do plantio à colheita.

Esse conjunto de tecnologias diminui também os desperdícios na lavoura, além de auxiliar na tomada de decisões, conferindo maior produtividade e qualidade à atividade.

 

4. Permite reduzir falhas de operação de máquinas agrícolas

Como vimos até aqui, o uso do GPS agrícola permite que o sistema de produção seja bem mais produtivo, ajudando a aumentar a produção, associada à redução dos custos. Por isso, a redução de falhas de operação é mais um importante benefício do GPS agrícola, principalmente quando há a união com tecnologias de agricultura de precisão, caso do sensoriamento remoto.

Com este tipo de tecnologias associadas é possível controlar remotamente as máquinas, otimizando todas as etapas do cultivo, do pré-plantio à colheita. Por meio dos mapas previamente gerados e dos controladores autônomos, a quantidade de paradas das máquinas agrícolas será reduzida, já que elas serão menos dependentes da mão de obra humana, otimizando o plano de ação.

Além disso, o mapeamento via satélite ajuda não só na condução da lavoura atual, mas também nas lavouras subsequentes. Isso ocorre porque os dados coletados servirão de base para o planejamento das operações a serem realizadas nas safras seguintes, tornando-as mais precisas.

A navegação guiada por GPS permite também que a redundância do trajeto das máquinas seja reduzida, isso porque as rotas automáticas previamente definidas farão com que as máquinas praticamente passem só uma vez em cada lugar. 

Com isso, o manejo será realizado de forma muito mais rápida, diminuindo o consumo de combustível e as falhas na semeadura, colheita e aplicação de insumos.

 

Conclusão

As tecnologias associadas ao GPS agrícola são grandes aliadas do melhor monitoramento da lavoura, permitindo aumento da produtividade com consequente redução dos custos na agricultura.

O gerenciamento da atividade agrícola com o auxílio de imagens de satélite permite a conquista de benefícios para todo o sistema de produção, desde o pré-plantio até a colheita.

Por fim, o GPS agrícola é totalmente acessível para grandes, médios e até pequenos produtores rurais, passando a contribuir com a produção agrícola com ganhos que fazem cada real investido valer a pena.

 

Você já faz uso do GPS agrícola na sua fazenda? Conte para nós qual é a sua experiência com essa tecnologia.