GPS Agrícola : Conheça os tipos e funcionalidades deste aparelho

O Brasil é, definitivamente, um dos maiores produtores de alimentos em todo o mundo. Nas últimas décadas, o país deixou sua condição de importador de alimentos para se tornar um fornecedor de alimentos a nível mundial, alimentando cerca de 800 milhões de pessoas. Mas você sabia que o GPS agrícola contribuiu com tudo isso?

Essa grande transformação no cenário agrícola brasileiro se tornou possível, principalmente devido ao avanço de muitas tecnologias, que também passaram a ser difundidas no campo, como é o caso do GPS Agrícola.

A agricultura se modernizou. As máquinas passaram a contar com sistemas cada vez mais informatizados. A internet rural tem chegado a áreas onde não havia cobertura e a produção passou a ser mais mecanizada e em larga escala.

Diante de todo esse cenário de evolução, o Global Positioning System (GPS) foi adquirindo importância também na área rural.

GPS Agrícola
Fonte: Massey

O GPS Agrícola, considerado por muito tempo como sendo um artigo de luxo, atualmente tem se tornado acessível também para pequenos e médios produtores, representando um passo fundamental para que tais produtores alcancem um nível de produção mais eficiente e econômico.

Neste artigo você vai conhecer todos os aspectos do GPS Agrícola, suas características, funcionalidades, aplicações, custos e como obter o máximo de vantagem na utilização dessa tecnologia.

 

O que é um GPS agrícola?

O termo GPS (Global Positioning System) é utilizado para denominar o sistema utilizado para navegação e utilização de medidas precisas de localização geográfica. Esse é um sistema que funciona via satélite, sem a necessidade de sinal via internet ou telefone. 

Na área rural, o GPS é amplamente utilizado em máquinas agrícolas, contribuindo assim para o mapeamento e obtenção de diversos dados, como extensão da área, mapeamento de solo e clima.

Assim, o GPS foi um dos responsáveis pela introdução, no Brasil, da agricultura de precisão, com a utilização de tecnologias voltadas ao melhor entendimento do manejo da variabilidade espacial e também temporal, como apresentado nesta palestra do Professor Fábio Baio.

Ao todo existem 24 satélites posicionados na órbita global, os quais possibilitam traduzir milhares de informações captadas pelo aparelho, a uma distância de aproximadamente 20 mil quilômetros.

Na imagem abaixo, é apresentada de forma ilustrativa como se dá o funcionamento do GPS de uma forma geral.

(Fonte: O Globo)

Esse sistema permite o monitoramento, em tempo real, de equipamentos, veículos e até pessoas. Ainda é possível armazenar dados, delimitar áreas, determinar pontos, realizar a medição de determinadas áreas, entre outras funcionalidades, sendo por isso essencial para a agricultura, como veremos a seguir.

Principais benefícios do GPS agrícola

Em fazendas, lavouras e demais regiões rurais, muitos serão os benefícios observados quanto ao uso do GPS Agrícola, quando associado à agricultura de precisão. Uma das principais vantagens é a possibilidade de criar mapas detalhados das lavouras.

Isso permite que os produtores obtenham informações relevantes para agir com exatidão, evitando desperdícios e obtendo uma maior lucratividade. Através do mapeamento da área, por exemplo, insumos podem ser aplicados em determinada área sempre quantidade exata. 

Além disso, com a navegação conduzida por meio de GPS, são traçadas rotas automáticas que guiam o trajeto das máquinas. Dessa forma, há uma redução no consumo de combustível, bem como redução nas falhas de semeadura, aplicação de insumos e colheita, sem contar que o trabalho é feito de forma muito mais rápida e acertada.

Sendo assim, as principais vantagens do GPS agrícola são:

  • Acompanhamento em tempo real

O GPS Agrícola possibilita que o produtor acompanhe, em tempo real, tudo o que está acontecendo na propriedade. 

  • Controle do plantio

Essa é uma fase que exige total atenção do produtor, pois qualquer erro pode acarretar perdas na produção. Cabe ao GPS auxiliar na dosagem exata de insumos para aplicação, evitando perdas e garantindo maiores ganhos em sustentabilidade.

  • Irrigação de precisão

O posicionamento definido pelo GPS Agrícola permite definir a quantidade exata de irrigação para cada área. Assim, a pulverização é feita na quantidade e no tempo certo, sem que alguma área deixe de ser pulverizada ou receba a irrigação novamente sem ser necessário.

  • Mapas de fertilidade

A geração de mapas de fertilidade só é possível graças ao auxílio do GPS agrícola. Análise de amostras de solo indicam as aplicações exatas que devem ser feitas para um melhor aproveitamento dos recursos.

  • Eficiência na colheita

De forma automática, o GPS ajuda a controlar a velocidade de máquinas agrícolas, principalmente colheitadeiras. Com esse controle da velocidade, o manejo da colheita permite que quebras e perdas do produto sejam evitadas, além de manter a qualidade dos grãos colhidos. 

Como escolher o melhor GPS agrícola?

Como vimos até aqui, há diferentes formas de uso do GPS Agrícola. Os dados gerados e armazenados pelo GPS permitem ao produtor realizar suas atividades com maior eficiência e exatidão, possibilitando tomadas de decisões mais precisas e melhores resultados na propriedade. 

Fonte: Tecnologia no Campo

Assim, para aproveitar ao máximo os benefícios que essa tecnologia oferece, é importante escolher o melhor sistema para a sua propriedade, de acordo com as suas necessidades de uso. E isso depende muito de cada propriedade rural.

Como cada propriedade possui suas particularidades e necessidades, a escolha do melhor GPS precisa levar em consideração alguns fatores:

  1. Para qual atividade o sistema será utilizado;
  2. Qual a precisão do GPS;
  3. O melhor custo-benefício;
  4. De que forma é feita a manutenção e atualização;
  5. Facilidade na operação.

Dessa forma, é importante, antes de adquirir um sistema de GPS agrícola, definir qual a funcionalidade dele e de que forma essa tecnologia será utilizada na propriedade. Com estes detalhes, você terá o melhor aparelho para atender às suas necessidades.

 

Quanto custa investir em GPS Agrícola?

Uma questão bastante comum entre produtores rurais é o preço, ou seja, quanto custa investir em GPS Agrícola. A resposta para essa questão não é tão fácil, visto que o preço de um aparelho de GPS agrícola depende de uma série de questões e pode sofrer variações.

O modelo do aparelho, por exemplo, é um dos fatores que interfere no seu custo. Também podem influenciar o valor do produto a sua marca, acessórios e funcionalidades, além do tipo de tecnologia existente. 

No entanto, se você pensa em adquirir um GPS para sua propriedade, saiba que terá que desembolsar um valor que inicia em, aproximadamente, R$ 4.000,00, podendo ser superior dependendo das suas características.

Uma alternativa é comprar um aparelho usado, que também pode ser encontrado. Porém é importante estar atento às condições e estado de conservação do produto, bem como sua funcionalidade e se este atende a todas as necessidades para o seu trabalho dentro da propriedade. 

O produtor rural pode também utilizar aplicativos no seu celular ou tablet com a função de GPS para diversas funções, como mapeamento de áreas, pontos, coordenadas, entre outros. 

Esses aplicativos podem ser baixados e utilizados de forma gratuita ou mediante assinatura, dependendo de cada aplicativo e funcionalidade oferecida.

Conclusão

Atualmente o GPS agrícola já representa uma tecnologia acessível também para pequenos e médios produtores, levando a agricultura de precisão para as propriedades e transformando os sistemas de produção, tornando-os automatizados, com maior eficiência produtiva e baixas margens de erro.

Neste texto abordamos como funciona o GPS agrícola, seus benefícios para os produtores, quais os tipos disponíveis, como escolher o melhor GPS para sua propriedade. Cabe ao produtor avaliar a melhor forma de aproveitar essa tecnologia para obter o máximo de benefícios. 

Vale ressaltar que é importante, antes de tudo, ter em mente quais as principais necessidades da sua fazenda com a utilização do GPS. Com isso, você poderá fazer a melhor escolha e ficar por dentro dessa nova realidade de produção agrícola, que deixou de ser apenas uma alternativa, passando a se tornar uma necessidade real.

 

E você, já utiliza essa tecnologia em sua propriedade? Pensa em usar o GPS agrícola para modernizar os sistemas de produção? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário no post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.