Drones Agrícolas: saiba quanto investir para adquirir

Drones agrícolas estão revolucionando o agronegócio brasileiro. Eles representam uma tecnologia que veio para ficar, tanto que são encontrados para as mais variadas soluções, nos mais diversos formatos, tamanhos e funcionalidades.

É fato que o uso de drones agrícolas é uma realidade que transformou a vida de produtores e profissionais da área rural. Afinal, com as informações obtidas a partir do monitoramento realizado por estes dispositivos, é possível tomar decisões baseadas em informações reais, otimizando os resultados.

Para entender melhor sobre o que são drones agrícolas, você pode consultar este artigo que já escrevemos por aqui em nosso blog. Mas, se você tem interesse em saber quanto custa um drone, acompanhe com a gente o conteúdo de hoje. Boa leitura!

Quanto custa um drone agrícola?

Uma dúvida bastante comum entre produtores rurais está relacionada ao real custo para adquirir e operar um drone na agricultura. Mas a resposta para essa questão é: Depende!

A explicação é simples: como existem diferentes tipos de drones (asa fixa, asa rotativa, para imagem, para pulverização, com ou sem câmera, movido a combustão ou a bateria), o valor de um drone pode mudar drasticamente no mercado especializado.

Começando pelos drones para imagem, monitoramento e controle de lavouras. Esses drones agrícolas podem ser adquiridos por um valor que varia entre R$2.000,00 e mais de R$50.000,00, quanto mais caro, maior tende a ser sua capacidade voo, alcance e resolução (qualidade) das imagens.

drones agrícolas

Fonte: Embrapa

No que se refere aos drones agrícolas de pulverização, a faixa de preço tende a variar ainda mais. Partindo de tipos mais simples, você pode conseguir comprar alguns modelos por volta de R$70.000,00.

Assim como os drones de imagem, um drone pulverizador tende a apresentar melhores características à medida que seu preço sobe, como maior capacidade de transporte, duração de voo, robustez, tecnologia e sensores embarcados. Alguns modelos de drone de pulverização podem ultrapassar o valor de R$200.000,00 no Brasil.

Pulverização com drones agrícolas: Você sabe quanto custa?

A pulverização com drones agrícolas é uma solução que vem se difundindo rapidamente no Brasil, sendo adotada em quase todas as culturas agrícolas e cenários de terreno possíveis.

Embora existam alguns aventureiros comprando drone e buscando fazer as aplicações por conta própria, com as novas exigências legais por parte do Ministério da Agricultura (MAPA) e todo o arcabouço de conhecimento tecnológico necessário para operar um drone pulverizador agrícola, é mais fácil, seguro e barato, contratar um serviço especializado em pulverização com drones agrícolas. 

Dependendo da realidade da cultura e de outros fatores como tamanho da área, número de obstáculos e distância de acesso à propriedade, uma pulverização com drone pode custar de R$150,00 até R$500,00 por hectare. No vídeo abaixo você conhecerá melhor o trabalho de um drone pulverizador em ação.

Apesar de inicialmente parecer caro, você pode colher os diversos benefícios que a pulverização com drones agrícolas traz consigo, como economia de tempo, redução de perdas e desperdício por amassamento e deriva, qualidade de vida e, entre outros.

O que é preciso para ter um drone?

Possuir um drone pode ser uma boa alternativa a depender da frequência de uso e para qual fim você está realmente procurando utilizá-lo. De maneira geral, não é necessária muita experiência para ter um drone. 

Hoje em dia, drones agrícolas são embarcados com diversos sensores que auxiliam no seu comando, além de contarem com softwares intuitivos que são user friendly (amigo do usuário, em tradução livre). Ou seja, a princípio, qualquer pessoa pode operar sem muitas dificuldades. 

Claro que guiar a Aeronave Remotamente Pilotada é apenas um dos passos. O estudo e a experiência vão permitir com que você tenha mais confiança em pilotá-lo.

drones agrícolas

Fonte: g1

É importante lembrar que os drones são classificados em 3 categorias distintas aqui no Brasil, como já falamos neste conteúdo aqui. Cada classe de drone tem uma certa exigência de registro para com os órgãos de regulamentação e fiscalização.

No caso de drones classe 3 (de 250 g até 25 kg), o registro das aeronaves e dos pilotos é simplificado para os voos VLOS (onde o piloto tem contato visual com a aeronave durante todo o tempo de voo). Ou seja, o processo de registro é autodeclaratório e pouco burocrático, diretamente no site da ANAC.

Vale lembrar que a ANAC fornece uma página especialmente desenvolvida para que as pessoas possam se informar mais sobre esta etapa, e você pode acessá-la diretamente neste link.

Além disto, por também serem aeronaves, os voos com drones agrícolas precisam ser solicitados e registrados junto ao órgão de controle do espaço aéreo brasileiro, o DECEA. Assim como a ANAC, o DECEA tem uma área dedicada aos operadores de ARPs no site oficial, que pode ser acessada aqui.

Independentemente do tipo de aeronave e do voo, fazer uma checklist para garantir que esteja tudo certo é fundamental. Essa lista engloba:

      Drone em plena condição de voo e com manutenções em dia;

      Piloto e aeronave devidamente registrados e certificados;

      Drone homologado na ANATEL;

      Autorização para voo junto ao DECEA;

      Seguro RETA (obrigatório);

      Condições de voo adequadas para operação;

      Demais itens que dependem de cada drone e operação.

Qual o melhor drone para agricultura?

drones agrícolas

Fonte: Technology Review

Não existe uma resposta certa para esta pergunta. O melhor drone agrícola depende muito da sua necessidade e também do seu orçamento disponível, é claro.

Embora seja possível encontrar bons drones agrícolas por valores abaixo de R$ 5.000,00, a maioria dos drones que entregam melhores resoluções de imagem e tempo de voo em um âmbito mais profissional passam da faixa de R$10.000,00!

Agora, se você quiser drones para pulverização, saiba que os melhores equipamentos são geralmente importados e custam acima de R$100.000,00.

É importante entender que o melhor drone é aquele que melhor atende a sua necessidade e orçamento e, por isso, deve ser escolhido com muita sabedoria e pesquisa!

Como é a operação de drones? Preciso de um especialista?

Como já falamos anteriormente, de maneira geral, a operação de um drone não exige muita experiência, ainda que a prática torne os voos cada vez mais seguros, estáveis e padronizados.

No entanto, certas operações com drones agrícolas exigem um especialista ou o acompanhamento técnico de alguém habilitado para operar determinado tipo de voo, ou aeronave.

drones agrícolas

Fonte: Globo Rural

É o caso, por exemplo, das aeronaves que realizam voos além da visada visual, os famosos voos BVLOS. Neste tipo de voo, o piloto não tem contato visual direto com a aeronave durante todo o período do voo e precisa de habilitação especial da ANAC para operar (tanto o piloto quanto o drone).

Outro caso são os drones pulverizadores. Embora esteja cada vez mais fácil comprar um drone de pulverização e a gama de modelos e preços disponíveis no mercado seja muito maior que há 2 anos, com a regulamentação da atividade no Brasil, passou a ser obrigatório contar com um Aplicador Aeroagrícola Remoto (AAR), uma pessoa que acompanha e auxilia o piloto (e também pode acumular esta função) durante as operações de pulverização com drone no Brasil.

A publicação da portaria de nº 298 de 22 setembro de 2021 trouxe a formação mínima necessária para acompanhar operações de pulverização com drones. O AAR deve ser certificado no Curso para Aplicação Aeroagrícola Remota – CAAR, homologado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA.

É importante saber que muitos drones já são homologados na ANATEL e o registro deles na ANAC é muito simplificado. Mas, para situações mais específicas, vale muito a pena contar com um profissional qualificado para te atender!

Conclusão

Certamente os drones vieram para promover uma grande mudança na forma como trabalhamos no agronegócio. Muitos até ousariam dizer que o drone é um novo canivete no bolso dos profissionais do campo, pois está se tornando uma ferramenta insubstituível e essencial. 

De qualquer forma, drones agrícolas variam (e muito) de preço, podendo ultrapassar a casa dos R$300.000,00 em alguns modelos, dependendo da sua aplicação e disponibilidade. 

Você já possui um drone? Conhece alguém que já usou um?

Queremos saber qual foi a sua experiência com drones na sua propriedade!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.