ConectarAGRO é destaque na Agrishow 2022 com lançamento de Simulador de benefícios da conectividade

Simulador - ConectarAGRO

A ConectarAGRO foi destaque durante a Agrishow 2022, maior feira de tecnologia agrícola da América Latina, realizada entre os dias 25 a 29 abril, em Ribeirão Preto-SP. Entre os 800 expositores nacionais e internacionais, a Associação marcou presença no evento com uma série de novidades, como o lançamento do Simulador gratuito de benefícios da conectividade, a divulgação dos resultados alcançados e dos projetos educacionais em andamento.

Formada por companhias engajadas em democratizar a agricultura digital e promover a inclusão digital, a ConectarAGRO busca fomentar a expansão da conectividade nas áreas rurais do Brasil e conscientizar os agricultores sobre as vantagens da tecnologia 4G em 700MHz. São associadas as empresas: AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Energisa, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM, Trimble e Yara. A Associação também conta com 26 companhias apoiadoras, ainda com novas empresas no processo de entrada.

Diante do compromisso em tornar o agro mais conectado e produtivo, a ConectarAGRO atuou na Feira como uma facilitadora engajada em promover a conectividade entre pessoas, máquinas e coisas por meio de tecnologias simples e abertas para todas as pessoas. O intuito é de que sua utilização seja como na cidade, isto é, acessível e disponível em qualquer dispositivo habilitado.

 

Simulador de benefícios da conectividade: o que o bom uso da conectividade proporciona?

Com o propósito de demonstrar a economia que o bom uso da conectividade proporciona, a ConectarAGRO lançou um Simulador gratuito do impacto da conectividade na performance de uma fazenda. A partir de variáveis como gestão eficiente de irrigação, gestão de produção digitalizada, comunicação e redução de CO2, o Simulador quantifica a relação entre redução de custos e aumento de produtividade. A eficiência operacional de uma propriedade rural conectada, por exemplo, pode aumentar em até 15%.

De acordo com o líder do Comitê Institucional da ConectarAGRO, Felipe Carvalho, a aplicação foi estruturada a partir de dados de soluções fornecidos pelas empresas associadas, evidenciando a importância do trabalho em equipe para o progresso no campo. 

Em versão beta, a ferramenta possui uma proposta evolutiva, de maneira a ser aperfeiçoada e transformada com a contribuição livre de todos os interessados em participar dessa construção colaborativa. A partir do futuro aprimoramento das informações cedidas, ela também apresentará segmentações por cultura e outras melhorias. Caso queira contribuir, envie um e-mail para: simulador@conectaragro.com.br.

O Simulador, que pode ser acessado no site da ConectarAGRO, faz parte da estratégia de estimular a agricultura digital a partir da coleta e monitoramento de informações, demonstrando os benefícios das aplicações conectadas. Assim, torna-se um elemento imprescindível para o desenvolvimento sustentável e responsável no campo.

 

O amanhã do agronegócio é construído hoje

Segundo o Ministério da Agricultura, 73% das propriedades rurais não estão conectadas. Significa afirmar que, apesar do uso ascendente de máquinas digitais no campo, os dados produzidos pelos equipamentos ainda são subaproveitados. Os pequenos, médios e grandes produtores perdem tempo, dinheiro e produtividade, ao passo que as informações coletadas pelos equipamentos não são transmitidas instantaneamente às centrais de controle. 

Entretanto, a ConectarAGRO vem trabalhando para mudar essa realidade. É o que mostram os dados apresentados pela associação durante a Agrishow 2022: a partir da rede de suas associadas, contabilizam-se oito estados cobertos com 4G em 700MHz: Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, São Paulo e Rio Grande do Sul. 

A entidade também anunciou uma expansão de 6,2 milhões de hectares cobertos para mais de 7 milhões. Em adição, a ConectarAGRO atuou para a conectividade de áreas remotas e rurais de 220 cidades, além de mais de 15 milhões de hectares pela tecnologia Narrow Band IoT (NB-IoT) – rede para interligação de sensores, capaz de conectar dispositivos com baixo consumo de bateria e maior alcance. 

Para fins de exemplo, o uso do padrão NB-IoT permite que produtores monitorem seus ativos a distância e acessem dados qualificados sobre o clima, e muito mais, no local de plantio e colheita. 

Outros benefícios da conectividade encontram-se, por exemplo, no videomonitoramento de fazendas e gestão de equipes no campo em tempo real.

Dessa forma, o movimento estimulou a conectividade de 30 mil quilômetros de rodovias, totalizando quase 1 milhão de pessoas beneficiadas, além de 140 escolas rurais públicas e 31 unidades básicas de saúde rurais conectadas. 

A inclusão estende-se à toda cadeia produtiva: “essa conectividade não beneficia só agricultura ou aquele produtor, por ali passam rodovias federais e estaduais, estradas vicinais, que por ali circulam as nossas cargas”, aponta o diretor de Tecnologias Digitais e de Precision Solutions & Telematics da CNH Industrial e vice-presidente da Associação, Gregory Riordan, em entrevista à Rádio Massa FM.

Em entrevista à CBN Agro, a nova presidente da ConectarAGRO, Ana Helena de Andrade, afirma: “as cooperativas serão fundamentais para promover a inclusão produtiva de pequenos e médios produtores”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.