Como a internet no campo tem ajudado o agronegócio

O acesso à internet no campo segue sendo um dos grandes desafios para o setor do agronegócio no Brasil. Mesmo com rápido crescimento, boa parte das propriedades rurais brasileiras ainda não possuem acesso à conexão de internet de qualidade.

O que ocorre, porém, é que uma conexão precária ou a falta dela ocasiona uma série de problemas e dificuldades aos agricultores, como atrasos ou perda de negócios, dificuldade na emissão de dados, comunicação e transmissão, no registro de animais, na compra e venda de produtos e insumos, perda de tempo com deslocamentos, entre outros problemas.

Diante disso, ações que visam a melhoria na qualidade da internet no campo são de extrema importância e causam impactos significativos na produção, desempenho e qualidade de vida no meio rural.

Prova disso é que em locais onde a internet se encontra disponível, registra-se uma evolução significativa na propriedade, com aumento na renda das famílias.

Internet no campo pode elevar produção agropecuária

Um estudo recente realizado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP) indica que o Brasil poderia ampliar o Valor da Produção Agrícola (VPB) em até R$ 100 bilhões até 2026 com o aumento da atual área de cobertura com sinal de internet móvel.

Dois cenários diferentes foram considerados pelo estudo. O primeiro cenário indica uma modernização das 4.400 torres de telefonia celular hoje instaladas e a ampliação para 48% da área rural com conexão à internet. Com essa projeção o VPB poderia ter um aumento de R$ 47,56 bilhões.

Já no segundo cenário haveria a instalação de 15.182 novas torres e a ampliação do sinal para 90% da área. Aqui a projeção para o país é de aumento de R$ 101,47 bilhões no VPB.

Diante disso, o setor agropecuário vive uma grande expectativa em relação ao avanço da conectividade. Com esse avanço será possível cada vez mais produzir com eficiência, eliminando o desperdício e otimizando os processos.

Como funciona a Internet Rural?

O sistema utilizado para conexão de internet no campo é semelhante ao do meio urbano. A diferença está no seu alcance e também na disponibilidade de conexão de rede em determinadas áreas.

Há diversos tipos de rede para conexão de internet, entre eles o satélite, via rádio, fibra óptica, DSL, 3G/4G, entre outros.

Diferentemente das cidades, onde as opções mais utilizadas são a internet fibra ou a cabo, na área rural as conexões mais acessíveis são internet via rádio, via satélite e internet rural 3G ou 4G.

Dessa forma, a instalação da internet no campo vai depender do tipo de conexão que foi contratada. Se você optar pela tecnologia 4G, por exemplo, irá receber um chip junto com um modem roteador. 

Já se a internet que estiver disponível para sua área for via satélite, será necessária a instalação de uma antena para captação do sinal.

Seja qual for a opção escolhida, em praticamente todas elas haverá a cobrança de uma taxa de adesão ou de instalação, dependendo da empresa contratada.

Qual a melhor internet para a área rural?

Para conseguir aproveitar ao máximo o que o avanço da tecnologia tem a oferecer, o produtor rural precisa conhecer bem as opções de internet no campo e saber qual tem o melhor custo-benefício para sua propriedade.

Selecionamos aqui três dos principais tipos de internet rural, suas características essenciais, bem como as vantagens e desvantagens de cada uma.

1. SATÉLITE

A internet via satélite possui uma disponibilidade e um alcance maiores. Porém, essa é uma opção de conexão mais lenta, dependendo da sua localização e do plano contratado.

  • Vantagens

– Grande disponibilidade e alcance;

– Dependendo da localização pode oferecer uma velocidade boa;

– Tem menos probabilidade de sofrer danos, pois possui menos equipamentos no solo em comparação com outros provedores de internet terrestres.

  • Desvantagens

– Necessita da instalação de uma antena;

– Custos mais altos de equipamentos comparados com outros modelos, com a DSL e internet móvel;

– Tempo mínimo de contrato mais longo em relação às demais formas de conexão..

2. DSL

Geralmente é a melhor opção em virtude de oferecer velocidades mais rápidas. No entanto, pode não estar disponível em todas as áreas.

  • Vantagens

– Instalação mínima de equipamentos;

– Equipamentos mais leves;

– Contratos geralmente não são de longo prazo.

  • Desvantagens

– Conexão muito lenta se você não estiver próximo ao ponto de acesso.

3. 4G

A internet 4G é um dos tipos de conexão móvel mais comuns atualmente e com maiores possibilidades de crescimento, com o apoio da Associação ConectarAGRO

Apesar de ter ótimas vantagens, o 4G ainda não alcança todas as regiões do país.

  • Vantagens

– Maior qualidade;

– Conexão mais rápida;

– Cabos de fibra óptica.

  • Desvantagens

– Não está disponível em algumas áreas rurais e cidades afastadas de centros urbanos.

– Alguns celulares não suportam algumas frequências.

Em termos de velocidade, a melhor internet no campo é a via satélite ou 4G. 

Com relação ao custo-benefício, a internet rural 4G acaba sendo mais barata que a via satélite, mas a sua cobertura acaba restringindo e dificultando esta opção para algumas pessoas.

Assim, para saber qual a melhor internet para sua propriedade rural é importante pesquisar! É preciso levar em conta a qualidade do serviço prestado, o alcance, a velocidade de conexão e o melhor custo-benefício.  

Internet móvel rural 

Uma das opções de internet disponíveis para a área rural é a de telefonia móvel, fornecida pelas operadoras.

Nesse tipo de conexão, para que o produtor tenha acesso à internet rural 2G, 3G ou 4G é necessário contratar um plano de internet e estar dentro do raio de captação da operadora de telefone. 

3. Iniciativas do governo e de empresas privadas buscam levar internet em locais onde não há conexão (Fonte – https://campovivo.com.br)

Na contratação de um plano de internet móvel, diferentemente da internet banda larga, você adquire uma quantidade de dados que irá utilizar. 

Esse tipo de conexão ainda engatinha no país. Mas o interessante é que algumas ações estão surgindo e visam melhorar esse cenário já nos próximos anos. 

Diversas iniciativas promovem a conectividade no campo, entre elas ações do governo brasileiro e outras privadas, inclusive associadas à ConectarAGRO, todas em prol da conexão rural.

Qual o valor da internet rural?

Agora que você já colheu informações importantes para fazer a escolha da sua internet rural, confira quanto custa um plano para a sua propriedade.

Diversas empresas locais podem oferecer o serviço de internet rural. No entanto, também é possível contratar planos ofertados por grandes operadoras de telefonia. O Plano Tim Internet Rural, por exemplo, utiliza a frequência de 700Mhz da rede 4G.

Para ter acesso à internet, basta inserir o chip no modem homologado e ligá-lo na tomada. A frequência de 700MHz tem maior alcance e maior penetração, por isso garante melhor cobertura em ambientes fechados, como na sede, e vai mais longe, até o campo.

O valor da mensalidade é de R$ 49,90 e o modem é vendido à parte do preço da mensalidade.

É importante que você faça uma pesquisa e compare os preços e condições dos planos ofertados, bem como a disponibilidade de instalação para a sua região. Você pode consultar a cobertura da sua região em qualquer dos sites das maiores operadoras do país.

Como a tecnologia pode impactar positivamente o agronegócio

O acesso à internet e o uso de tecnologias podem auxiliar os produtores rurais a melhorar o desempenho produtivo e a qualidade de vida dentro de sua propriedade. Isso permite, por exemplo, que se faça um acompanhamento do crescimento das culturas com uso de drones, softwares e sensores agrícolas.

Por meio de imagens captadas em alta resolução por drones, é possível realizar a varredura das plantações e, dessa forma, acompanhar o crescimento, fazer a identificação de pragas, a verificação da área plantada, etc. 

Essa tecnologia permite ainda fazer a aplicação de agrotóxicos de forma localizada, diminuindo os gastos e utilização desses insumos.

4. O setor agropecuário vive uma grande expectativa em relação ao avanço da conectividade (Foto – https://www.cnabrasil.org.br)

Os avanços tecnológicos também estão presentes nos maquinários agrícolas. Já estão sendo lançadas várias máquinas agrícolas construídas para um ambiente conectado, com utilização da tecnologia 4G. Com a chegada da internet 5G esse cenário deve ficar ainda mais animador para a utilização desses mecanismos para a agricultura. 

Dessa forma, o produtor pode ter acesso a todas as informações em tempo real da máquina, como consumo de combustível, velocidade de colheita, entre outros.

A conectividade também reduz o tempo despendido pelo produtor, que não precisará mais precisar se deslocar para negociar produtos ou insumos, por exemplo. 

Após a colheita, a tecnologia permite também fazer o acompanhamento do estoque, com sensores que monitoram a situação dos fardos ou silos de armazenamento como temperatura, umidade, tempo em estoque, quantidade total e outros fatores.

Mais recentemente, foi instalada a primeira antena rural para internet 5G no Brasil. A tecnologia, ainda em caráter experimental, foi implantada com apoio da ConectarAGRO em uma fazenda do Instituto Mato-grossense de Algodão, localizada no município de Rondonópolis. 

A expectativa é que essa tecnologia, quando disponível em grande escala, auxilie o produtor a aumentar sua produtividade e reduzir custos.

Conclusão

A utilização de diferentes formas de tecnologia possibilita a evolução no modelo de negócio, a redução de custos e a melhora na produção.

Para se inserir na agricultura 4.0 é necessário que o produtor invista em conectividade. A tecnologia transforma o negócio, permite monitorar a produção; tomar decisões mais acertadas, baseadas em dados; atuar com a quantidade ideal de insumos; tudo isso e muito mais.

Além disso, já é possível notar grandes avanços nessa área e empresas focadas em desenvolver alternativas para ampliar o acesso à internet no campo em todos os cantos do país.

E você, já tem acesso à internet na sua região?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.