ConectarAGRO

5 Tendências da Agricultura Digital

O futuro já faz parte do nosso dia a dia e as transformações que estão ocorrendo no agronegócio são a grande prova disso. No campo, a agricultura digital já é uma realidade consolidada e suas ferramentas influenciam diretamente na produtividade, desempenho e sustentabilidade da atividade agrícola.

A agricultura digital surge em um momento em que a demanda por alimentos está cada vez maior. Isso pode ser comprovado pelo relatório divulgado recentemente pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o estudo, a população mundial atingirá 9,7 bilhões de pessoas em 2050, um aumento de 26% em relação à população atual.

Estamos falando de um crescimento populacional de dois bilhões de pessoas em menos de 30 anos. E esse fato vem acompanhado de um aumento também na demanda por alimentos.

Aí vem a pergunta: como produzir mais sem aumentar a área de cultivo? A resposta vem justamente do aumento da agricultura digital. 

agricultura digital

Fonte: Embrapa

A utilização de ferramentas da agricultura digital possibilita aumentar a produtividade, reduzir os custos e atender às demandas do mercado consumidor.

Nesse artigo, você irá entender como a agricultura digital tem transformado o campo, sua importância e as principais tendências na área da tecnologia que podem ser aplicadas nas fazendas.

Agricultura Digital: Muitas são as vantagens que incentivam sua adoção

Que a tecnologia está cada vez mais presente nos processos agrícolas não é nenhuma novidade! Mas quais os reais benefícios que a digitalização traz para a agricultura? Além da otimização de processos e automatização, que vantagens podemos tirar dessa evolução?

Conheça algumas vantagens da agricultura digital:

  • Aumento da produtividade

Um dos maiores benefícios da digitalização na agricultura é o aumento na produção. Em locais onde as tecnologias são aplicadas de forma mais intensa, é possível perceber um melhor aproveitamento da terra, resultando em maior produtividade por hectare.

Dessa forma, o produtor consegue obter ganhos em comparação com aqueles que não utilizam essas ferramentas e suas potencialidades.

 

  • Redução de custos

As novas tecnologias empregadas no campo devem ser responsáveis por uma redução de 20% a 30% nos custos de produção nos próximos anos, de acordo com uma pesquisa realizada pela McKinsey.

Além da eficiência produtiva, as tecnologias também possibilitam diminuir desperdícios que, em muitos casos, não seriam identificados. 

  • Monitoramento 

Smartphones, drones, robôs, aplicativos, softwares. Essas são algumas ferramentas da agricultura digital aliadas do produtor e que auxiliam no trabalho no campo. 

Via constante monitoramento, eles permitem um maior controle produtivo, com melhor uso de recursos naturais, de insumos e auxiliam na identificação de áreas que precisam de cuidados.  Assim, o monitoramento auxilia o produtor em todo o processo, do plantio à colheita. 

agricultura digital

Fonte: Geodata

  • Sustentabilidade

Os impactos causados pela agricultura no meio ambiente são temas constantes de debates pelo mundo. Contrapondo a ideia de que a agricultura agride o meio ambiente, os investimentos em tecnologias de produção têm auxiliado na consolidação de uma agricultura mais sustentável.

Além de produzir mais e melhor, as ferramentas oferecem soluções que colaboram com a economia de água, de energia, na aplicação de defensivos com menos impacto ao meio-ambiente e com uma menor deterioração do solo.

 

As tendências da agricultura digital que você precisa saber

A realidade do agronegócio brasileiro e mundial está sendo transformada pela modernização da tecnologia, com sistemas cada vez mais avançados, eficientes e sustentáveis.

Nesse processo, novos modelos de produção ganham força. Robótica, automação e a evolução da internet são algumas das tendências que fazem parte da agricultura digital e que devem nortear a produção agrícola dos próximos anos.

Para te ajudar a entender essas tecnologias e como elas podem lhe ajudar a melhorar e aumentar a produtividade na sua fazenda, trazemos aqui 5 fortes exemplos de tendências de inovação no agronegócio para os próximos anos:

1. Automatização dos processos

O avanço da inteligência artificial tem permitido a automatização dos processos nas lavouras. O trabalho humano tem sua capacidade potencializada com a ajuda de dispositivos e máquinas, tornando a gestão e a operação no campo muito mais eficientes.

Esses equipamentos contribuem para a melhoria na qualidade dos produtos, na redução de perdas e na otimização de tempo, insumos e recursos.

2. Softwares e aplicativos

Os aplicativos de gestão agrícola podem transformar o trabalho no meio rural, facilitando as tarefas do dia a dia.

Há várias opções de aplicativos para auxiliar as funções no campo e que você pode baixar gratuitamente em seu celular. 

Entre as funcionalidades dos softwares de gestão podemos citar:

Previsão do tempo: antever as condições climáticas, ajuda o produtor a planejar melhor suas atividades. Sugestão: Accu Weather

Aplicativos Agrícolas: Alguns aplicativos podem ajudar na identificação e controle de pragas e doenças nas lavouras. Há também softwares para a realização de operações agrícolas, como manejo da irrigação, pulverização, entre outros. Sugestão: Adama Alvo

Logística: a logística dos negócios agropecuários também pode ser facilitada e organizada por aplicativos para celular ou tablet. Com eles, é possível negociar serviços, calcular fretes e cargas, entre outros. Sugestão: BuscaCargas

3. Agricultura de Precisão

Como o próprio nome diz, a Agricultura de Precisão (AP) utiliza ferramentas para acompanhar os processos de forma precisa.

Esse sistema de gerenciamento agrícola coleta e analisa as informações por meio de tecnologias que facilitam a tomada de decisão por parte dos produtores, proporcionando assertividade e controle sobre o processo produtivo.

Sensores, plataformas, câmeras, dispositivos de georreferenciamento e outras ferramentas fazem parte desse sistema. Hoje em dia há máquinas altamente conectadas que possuem todos estes dispositivos embarcados, como os tratores conectados da Case IH, que é uma das associadas da ConectarAgro.

agricultura digital

Fonte: Blog Agrointeli

Os drones possibilitam a coleta de imagens e, com a análise desse material, o produtor consegue identificar pragas e doenças nas plantações.

Já os sensores conseguem transmitir informações relevantes sobre as culturas, solo e demais elementos, além de permitir a realização de tarefas à distância.

Dessa forma, a Agricultura de Precisão traz benefícios mensuráveis, como o aumento da produtividade e redução dos custos.

De forma geral a agricultura de precisão por si só era incompleta e, com os avanços dos sensores e o grande número de dados sendo obtidos, precisava-se de algo a mais: a digitalização da agricultura, se quiser se aprofundar no assunto, temos um texto completo explicando a diferença entre agricultura de precisão e agricultura digital.

4. Inteligência artificial

O processamento de dados em uma lavoura é algo complexo e que precisa ser feito com a ajuda de um sistema eficiente. 

Nesse cenário de inovação do agronegócio, a inteligência artificial processa dados recebidos de máquinas agrícolas e demais sistemas, permitindo projetar cenários e antecipar situações. 

É possível monitorar, por meio de redes instaladas na propriedade, operações mecanizadas, previsões meteorológicas, entre outras.

 Dentre as aplicações que observamos hoje, a inteligência artificial se renova a cada dia e é uma grande aliada da agricultura digital para uma produção mais   Achei esse parágrafo solto. Vale a pena substituir as palavras “Lucrativa, eficiente e sustentável” por algo mais concreto, para que o leitor enxergue benefícios.

5. Marketplace

O conceito de Marketplace chegou ao Brasil na última década como uma plataforma digital em que diferentes lojas podem divulgar e vender seus produtos.

Acompanhando essa tendência, o agronegócio também emergiu nesse mundo virtual.  Ferramentas digitais foram desenvolvidas para facilitar o acesso e a compra de insumos, por exemplo. 

Quase tudo pode ser comercializado nesse tipo de plataforma, como equipamentos, sementes, insumos, grãos, máquinas e serviços. 

O Marketplace facilita o processo de compra e venda, que são realizados de forma mais prática,  ágil e segura.

agricultura digital

Fonte: marketing4food

Aqui o consumidor consegue navegar por diversas lojas em um só site, comparando preços e produtos, o que  facilita a sua tomada de decisão, podendo escolher aquele produto que mais corresponde às suas necessidades.

A incorporação do mercado digital pelos agricultores traz vantagens para o setor, tanto para os consumidores quanto para quem vende. Veja alguns benefícios:

  • Aumento nas vendas;
  • Posicionamento e fortalecimento da marca;
  • Custos mais baixos;
  • Interação maior com o cliente;
  • Segmentação do público.

 

Conclusão

A atual era da produção agrícola está cada vez mais atrelada à agricultura digital. As diversas ferramentas tecnológicas disponíveis auxiliam o produtor em todos os processos operacionais da sua propriedade agrícola.

Como vimos, a digitalização facilita o manejo na lavoura, seu mapeamento, o planejamento das atividades, a comunicação na hora de contratar serviços, e até mesmo na compra e venda de produtos.

Mas mesmo com todos esses avanços, ainda são muitos os desafios que o setor agrícola precisa superar e que dificultam a máxima potencialidade da agricultura digital no Brasil. 

Um dos grandes desafios a ser superado é a qualidade da cobertura de sinal de internet no campo. A ineficiência da conectividade é um grande entrave para o desenvolvimento da agricultura digital.

Nesse sentido, algumas iniciativas estão sendo desenvolvidas com vistas a trazer melhorias e soluções para esses problemas.

Uma delas é o projeto ConectarAGRO, uma iniciativa de grandes empresas do setor que busca promover tecnologias abertas em todas as áreas rurais do país.

Isso para que a sua propriedade possa ter acesso a tecnologias de ponta da Agricultura 4.0, como máquinas autônomas controladas remotamente; drones para mapeamento do campo; inteligência artificial;  internet das coisas; e muito mais.

As soluções tecnológicas para a conectividade no campo facilitam a utilização da agricultura digital, integração e gestão de toda a cadeia produtiva, aumentam a qualidade dos produtos e a competitividade dos produtores. E estar atento a todas essas novidades e tendências é fundamental para seguir produzindo de forma eficiente e rentável.

 

E você, amigo produtor, de que forma utiliza as tecnologias para a produção em sua propriedade?