5 dicas para implementar agricultura digital na lavoura

A agricultura digital está revolucionando a forma como o agronegócio é gerenciado. Exatamente por isso, sua representatividade na economia brasileira e mundial não para de crescer.

Assim, diante da crescente demanda por alimentos e a necessidade de redução imediata dos impactos ambientais, a evolução da agricultura, tornando-a mais digital é fundamental para que o setor atinja esses e outros objetivos.

Essa é a prova de que a agricultura digital está de fato mudando o agronegócio, não apenas no Brasil, mas no mundo todo. Essa evolução possibilita que agricultores possam, de maneira integrada, planejar e tomar decisões cada vez mais precisas e eficientes.

Além disso, a agricultura digital, também conhecida como agricultura 4.0, tem como objetivo otimizar as mais variadas atividades associadas ao agronegócio.

Uma definição mais prática para a agricultura digital é o uso de tecnologias novas e avançadas, por sistemas integrados de forma a habilitar que os agricultores e outras partes interessadas dentro na cadeia de valor da agricultura melhorem a produção de alimentos.

Mas você sabe qual é a importância desta revolução na agricultura e que vantagens podemos tirar deste processo de inovação e crescimento? A resposta para estas perguntas está mais próxima do que imaginamos, levando a agricultura do futuro para o presente. Confira!

Papel da agricultura digital na produção agrícola

É importante reconhecer a relevância que a agricultura digital tem sobre o agronegócio brasileiro. Quando pensamos em melhorias na produção agrícola, quer seja na qualidade, quer seja na quantidade, naturalmente pensamos em equipamentos mais modernos e totalmente conectados.

agricultura digital

FONTE: Certi

Assim, é muito fácil entender que a agricultura digital tem papel fundamental no desenvolvimento do agronegócio, visto que aperfeiçoa a agricultura de precisão, processos ligados à compra e venda de insumos e produção, consultorias e recomendações técnicas mais rápidas e precisas.

Agora vamos às vantagens?

 

Quais as vantagens da agricultura digital?

Um relatório organizado e promovido pela EMBRAPA em 2018 apontou que somente entre 1975 e 2015, o uso de ferramentas tecnológicas foi responsável pelo crescimento de 59% do valor bruto da produção brasileira.

No entanto, mais do que uma nova era para a agricultura brasileira, a agricultura digital aumentou significativamente a capacidade produtiva de todos os setores onde ela vem sendo empregada. 

Dentre as vantagens promovidas pela agricultura 4.0, podemos citar:

  • Promover acesso a tecnologias de ponta, comuns na cidade, para o setor rural;
  • Melhorar a eficiência e qualidade das produções;
  • Aumenta a produtividade e reduz custos;
  • Reduzir desperdícios e aumentar a eficiência de insumos e máquinas;
  • Facilitar o acesso à informação;
  • Promover tomadas de decisão cada vez mais rápidas e precisas.

Sendo assim, as tecnologias digitais são mais que um novo pacote de soluções para o agronegócio, mas sim, uma nova era, um novo formato de ver e fazer a agricultura, cada vez mais sustentável e produtiva.

 

Qual poderia ser a utilização da tecnologia digital no campo?

Imagine uma atividade rotineira da propriedade, como preparo do solo, irrigação ou mesmo colheita, por exemplo. Agora, considere que você tem acesso a todos os dados coletados pelas máquinas, em tempo real, e que esses dados são de fácil compreensão para tomada de decisão.

agricultura digital

FONTE: Accenture 

Isso é apenas uma das utilizações das tecnologias digitais no campo. Cabe às ferramentas de AD coletar dados para geração de relatórios de forma que você agricultor, tenha meios de definir o que deve ser feito em sequência, com planejamentos mais assertivos.

Além do mais, as mais modernas soluções da tecnologia digital para a agricultura estão entregando integração entre máquinas, suporte técnico remoto, melhorias em agricultura de precisão, inteligência de dados e muito mais, por meio de conectividade e demais soluções em software e hardware.

 

Como é realizada a agricultura digital?

A introdução e uso das soluções digitais para a agricultura se dá por diversas ferramentas que atuam com tecnologia da Informação para otimizar as atividades no campo.

Ao passo de que máquinas estão cada vez mais modernas, embarcadas com sensores, conectadas à internet e desempenhando papéis cada vez mais complexos com coleta e processamento de dados, a agricultura digital passa a atuar.

Desta forma, é uma questão de tempo para que a agricultura digital esteja disponível e acessível a todos. E tudo indica que esse processo para o agro 4.0 seja muito mais ágil do que as revoluções anteriores.

Entenda mais sobre a nova era da agricultura assistindo ao vídeo da Embrapa sobre agricultura digital frente aos desafios de crescimento populacional e maior necessidade por alimentos.

 

 

Dicas para implementar agricultura digital dentro do seu negócio

Certamente você já entendeu que a agricultura digital é fundamental para o desenvolvimento do agronegócio, melhorando a qualidade e aumentando a produtividade das lavouras brasileiras.

Mas, como proceder no uso dessas inovações? Quais são as melhores estratégias para implementar a agricultura digital na sua lavoura? Vejamos algumas dicas que podem te guiar pelo caminho da tecnologia:

1. Melhorar a conectividade em sua propriedade

A conectividade com internet é essencial para ter acesso ao que há de melhor e mais inovador para a agricultura digital e, provavelmente, um dos primeiros passos a se dar para implementar a agricultura digital na sua propriedade.

A ConectarAGRO, por exemplo, é uma Associação formada por empresas que visa promover soluções tecnológicas para estimular a expansão do acesso à internet nas mais diversas regiões agrícolas brasileiras.

2. Adotar ferramentas que favoreçam a agricultura digital

É importante escolher soluções que automatizam os processos e favoreçam a coleta de dados para melhor tomada de decisão.

Dado isto, algumas ferramentas básicas são fundamentais no momento em que se decide avançar para a agricultura 4.0. Essas ferramentas vão desde dispositivos (como sensores, torres de conectividade) à softwares e aplicativos que facilitam a lida do campo.

Neste caso, elaboramos um texto específico para falar sobre essas ferramentas, incluindo suas vantagens e também alguns exemplos, que muitas vezes, podem ser usados em versões gratuitas, tornando-se, portanto, acessível a todos. 

3. Ficar atento às inovações tecnológicas

Não basta apenas trabalhar com o que já existe no mercado, por mais que essas soluções já proporcionam um grande avanço. É preciso estar atualizado quanto ao que está sendo entregue de inovação para o agronegócio, tanto dentro quanto fora da porteira.

Acompanhar sites de notícias, projetos públicos e pessoas relevantes do segmento é uma boa alternativa para estar em dia com as inovações tecnológicas, estando cada vez mais próximo de uma agricultura digital.

4. Estar aberto para novas soluções

De nada adianta estar em dia com o conhecimento das inovações tecnológicas se você não abrir espaço para que essas soluções sejam aplicadas em sua propriedade.

Por isso, considere em seu planejamento, implementar, nem que seja em caráter experimental em uma pequena área ou por um período mais curto, essas inovações tecnológicas.

Esta prática permite com que você tenha acesso às tecnologias digitais mais recentes e adote-as, possibilitando escolher se é ou não vantajoso para sua propriedade.

5. Aprimorar as tecnologias já existentes

Outra forma de implementar a agricultura digital em sua propriedade é melhorando o que você já possui.

Atualizar softwares para suas versões mais recentes, incluir sensores em equipamentos para poder coletar dados mais precisos, para melhorar a sua tomada de decisão são alguns exemplos que funcionam muito bem.

 

Como será a agricultura do futuro?

A próxima era da agricultura, que já vem recebendo o título de agricultura 5.0, já está entrando em todo vapor e promete, mais uma vez, revolucionar o setor.

Mal iniciamos a revolução da agricultura 4.0 e nos deparamos com essa que é conhecida por ser a agricultura do futuro.

agricultura digital

FONTE: Vertica 

O uso intensivo de robôs para as mais diversas atividades (que exijam força e repetição), tecnologias de suporte de precisão (fazendo uso de conectividade de altíssima qualidade), internet das coisas (IoT) para sincronização entre máquinas e inteligência artificial, com foco em resolver problemas rapidamente, irão tornar a agricultura do futuro muito diferente de como conhecemos hoje!

A agricultura digital é um grande passo para que soluções disruptivas cheguem mais rápido para um dos setores da economia que mais cresceu nos últimos anos e continuará crescendo. 

Com a AD você terá acesso a informações precisas, de altíssima confiabilidade, para tomar decisões personalizadas de acordo com suas demandas e características da sua propriedade.

 

Quer saber mais sobre a agricultura digital e a importância dela no agronegócio brasileiro? Entre em nosso blog e tenha acesso a conteúdos exclusivos que te ajudam a levar a sua  propriedade para um novo patamar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.